Acredite se quiser: Um Bispo italiano "disposto a converter (profanar) todas as igrejas em mesquitas" (Como é que é!?)


11.07.2018 -

Itália - O bispo Raffaele Nogaro, bispo emérito de Caserta, que confessou disposto a "converter todas as igrejas em mesquitas."

n/d

Não é apenas a diferença entre a hierarquia da igreja e da coalizão de governo italiano, que está se tornando intransponível por conta de imigração em massa de sub-saariana: cada vez mais, é o abismo entre o clero e os fiéis, que não concordam com este "progressismo" mais extremo.

O grande protesto contra Salvini, ministro do Interior e líder da Liga do Norte, é cada vez mais vociferante, apesar de o político ter amplo apoio popular às suas políticas restritivas de imigração ilegal. Mas na linha de frente desses protestos está uma série de "clérigos que chamaram mobilizações focadas em um "alívio rápido" na rua de dez dias "em solidariedade aos imigrantes".

Destaca-se neste tropa de clérigos, o bispo emérito de Caserta, Monsenhor Raffaele Nogaro, que confessou partidário de "transformar igrejas em mesquitas".

n/d

Francisco e o bispo Raffaele Nogaro

Custa-nos muito entender os processos mentais de alguém que, sendo um bispo da Igreja Católica, faz tal declaração, que permaneceremos sem compreender, sobre seu significado. Surpreendentemente, no entanto, alguém pode encontrar uma relação entre uma coisa e outra, sem mencionar a admissão tácita de que é uma invasão muçulmana. Afinal, ser católico ou, pelo menos, cristão na África subsariana não é de todo incomum.

A declaração do bispo não tem pé nem cabeça, e serve apenas para enfatizar o pouco que parece importar a certos ministros de nossa Igreja a própria sobrevivência da fé. A ideia de que profanar todas as nossas igrejas transformando-os em mesquitas para ajudar a salvar vidas, indica até algum distúrbio mental.

Uma parte notável da nossa hierarquia na Europa, agora com apoio de cúpula do Vaticano, parece possuído pelo mesmo espírito masoquista e suicida, que parece ter invadido a opinião do europeu hipócrita. Mas aqui não são apenas raízes nacionais ou culturais, mas a mesma fé que dá sentido àquelas posições de responsabilidade que elas detêm.

A partir daqui, respeitosamente aconselhamos o Bispo Emérito de Caserta, que se as mesquitas são melhor proteção do que igrejas, fala em nome da fé de Maomé e não a nossa .

Visto em: infovaticana.com  via  www.rainhamaria.com.br

 

Veja também...

Padre Henri Boulad: Líderes católicos defendendo o Islã estão traindo a verdade

São João Bosco: Quem foi Maomé, fundador do islamismo, e como fez para espalhar suas crenças, conseguir adeptos e atacar a Terra Santa, a Cristandade e a todos os que não pensavam como ele

A Lista de "Idiotas Mentirosos" do (anti) Papa Francisco

Sinal dos Tempos: Universidade Católica americana abre sala de oração islâmica. Quando uma Mesquita vai abrir uma Capela?

 


Rainha Maria - Todos os direitos reservados
É autorizada a divulgação de matérias desde que seja informada a fonte.
http://www.rainhamaria.com.br

PluGzOne